5 ensinamentos de Anitta sobre marketing

Faz 10 anos que Larissa ganhou projeção (e só cresce, desde então) como Anitta. A mulher sensual, sexual, que apresentou o funk como cultura pop e fez com que todos olhassem pra ela. Sem exceção.


Depois de uma longa entressafra de clipes criativos no Brasil, ela surgiu com um clipe todo em preto e branco e muita dança, tipo Beyonce. Daí veio um clipe com cara de HQ e mais performance.


Definitivamente, ela provoca a classe artística e o público. Podem não gostar da Anitta, mas ela muda o cenário musical aqui e já faz barulho fora, não tenha dúvidas. Mas, além disso, ela mostra na prática como estruturar um plano de marketing de sucesso. Vamos apontar alguns dos hits de Anitta, contados por ela mesma no "Anitta: made in honório" aqui:


1. Produto Minimamente Viável:


Larissa tinha certeza que seria cantora. Cantou na Igreja, em bailes de dança. Mas ela queria mais: passou a frequentar os bailes da Furacão 2000 e perseguia a câmera do programa semanal. Sempre sorridente, se divertindo, dançando e cantando. Queria chamar a atenção para conquistar um espaço e mostrar que podia fazer diferente. Até um vídeo cantando segurando uma embalagem de desodorante produziu para viralizar.


Larissa criou uma personagem forte, dona de si, livre, conquistadora e que transita entre dois cenários populares: o funk e o pop. Tinha a persona muito bem definida e conhecia muito bem o segmento em que queria atuar.


Anitta trouxe dançarinas para o palco e popularizou o stiletto (dança com salto) no Brasil.


Em resumo, estruturou o negócio em cima de uma dor conhecida, montou seu time de aliados, lançou sua ideia e validou com o público.


2. Mapeamento de cenário


Anitta vai além, por ser tão focada no que quer, ela mapeia todo o mercado internacional, sabe quem está fazendo sucesso, quais são as tendências globais e projeta ali novas oportunidades.


Não corre atrás. Se lança sempre na frente e isso explica porque se mantém no topo.


Está sempre buscando o seu oceano azul, se reestruturando para alcançar seus objetivos que são claros para toda a sua equipe.


3. Público no centro


Um dos principais fatores de sucesso da Anitta é se manter em contato direto com o seu público o tempo todo. Sua persona é muito parecida com ela mesma. Mas para ganhar mais mercado, fala constantemente com o consumidor. Está conectada o tempo todo, criando e validando hipóteses.


Ela está o tempo todo com o celular na mão! E assim, amplia o seu público e mercado, adequa a mensagem e entrega personalizações de encontro com o desejo do público - tudo baseado em dados levantados com os testes que faz em forma de conteúdo.


Por isso também consegue manter um discurso coerente desde o começo.


4. Crescimento rápido (growth hacking)


Falando em estar o tempo todo com o celular na mão e em contato com o público, Anitta testa conteúdo o tempo todo. Pensa em cada detalhe para atrair atenção, engajar seus fãs e ampliar seus números. A comunidade de fãs da Anitta é absurdamente forte.


Ela tem muito claro que para alcançar outros mercados, precisa ter números. Mas números sem impacto não valem para quase nada.


5. Humanizar uma marca:


O lançamento da série documental "Anitta: made in honório", é mais um dos produtos milimetricamente pensados para dar mais um passo: transformar

Anitta em Larissa, a mulher por trás de um dos maiores sucessos da atualidade.


Na série anterior "Vai Anitta", embora algumas fragilidades tivessem sido expostas, não tiveram a mesma profundidade de "Anitta made in honório" novo produto. Larissa mostra sua vulnerabilidade e trás provas sociais o tempo todo, com depoimentos da família, dos fãs e de outros profissionais.


Fica claro aqui que o próximo passo é separar a imagem de Anitta e Larissa.



Apesar das polêmicas, a série é uma aula de marketing, liderança (o que fazer e o que não fazer), inovação e de autoridade, sendo constante, coerente e recorrente.


0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
elementos-academicos-giz-projeto_1379-12